Atualizações do Simulador do MPU e Judiciário

O simulador do novo plano de salários dos servidores do MPU e Judiciário, referente aos reajustes previstos para junho de 2016 a janeiro de 2019, disponível em http://novopcs.josebarbosa.com.br passou por uma atualização que incluiu novos recursos.

Novo Simulador dos PCS do MPU e Judiciário
Novo Simulador dos PCS do MPU e Judiciário

As principais novidades são as seguintes: Continue reading “Atualizações do Simulador do MPU e Judiciário” »

Nova versão do simulador

Foi disponibilizada nova versão do simulador, com duas importantes melhorias:
1) É feito o cálculo do auxílio creche, bastando informar o número de dependentes que se enquadram no auxílio;
2) Pode ser realizada a progressão automática. Neste caso, o usuário deve marcar a caixa de texto e informar em que mês ocorre a sua progressão salarial.

http://novopcs.josebarbosa.com.br

Novo Simulador do PL calcula funções ou cargos em comissão

Prezados colegas,

Uma vez que o site conseguiu alcançar a meta de contribuições para manutenção, no valor de R$ 100,00; foi disponibilizada consulta para os novos valores de salários incluindo Funções de Confiança (FC’s) e Cargos em Comissão (CC’s), inclusive considerando o eventual reajuste entre 16 a 25% que alguns destes cargos terão, caso sejam aprovados os PL’s do MPU e Judiciário na forma que foi noticiada pela Fenajufe.

Para acesso ao simulador, vá a http://novopcs.josebarbosa.com.br

O que esperar das possíveis alterações no parcelamento do 2648?

Notícia da FENAJUFE dá conta que o Judiciário estaria renegociando o parcelamento do PL 2648/2015, que revisa os salários dos servidores do judiciário, aproveitando-se dos recursos que não serão utilizados no período de janeiro a março e já estariam previstos no orçamento. O novo reescalonamento do reajuste de “41,47%” se daria da seguinte forma:

  • Abril/2016: 5,18%
  • Junho/2016: 10,36%
  • Novembro/2016: 13,47%
  • Junho/2017: 17,97%
  • Novembro/2017: 23,84%
  • Junho/2018: 27,3%
  • Novembro/2018: 31,6%
  • Janeiro/2019: 41,47%

 Considere-se que este índice de reajuste desconsidera os valores de VPI, independente de ganhos administrativos ou judiciais dos 13,23%, e parte da premissa de revisão da atual remuneração básica de 1,9 VB (VB + 0,9 VB de GAJ/GAMPU) para 2,688 VB (1,12 VB + 1,12 * 1,4 VB de GAJ/GAMPU).

Sem maiores detalhes sobre como se daria o parcelamento, e partindo-se do princípio que os reajustes do VB continuariam em 1/8 de 12% por parcela, as novas parcelas referentes a GAJ/GAMPU seriam as seguintes:

  • Abril/2016: 96,88%
  • Junho/2016: 103,58%
  • Novembro/2016: 106,31%
  • Junho/2017: 111,46%
  • Novembro/2017: 118,88%
  • Junho/2018: 121,9%
  • Novembro/2018: 126,28%
  • Janeiro/2019: 140%

A simulação destes valores está disponível em http://novopcs.josebarbosa.com.br

Simulador do PCS é publicado

Update:

O simulador estará desativado nos próximos dias, entretanto poderá retornar caso haja sanção do PLC.

Prezados, conforme prometido, está imediatamente disponibilizada a nova versão de simulador de salários do MPU. O acesso é feito através do seguinte link:

http://pcs.josebarbosa.com.br/produtos/simular

Tela de nova página de simulação de salários.
Tela de nova página de simulação de salários.

Esta nova aplicação é semelhante à tradicional tabela de simulação das Leis de 2012, que revisaram GAMPU e GAJ, com algumas modificações:

  • Telas responsivas, de acordo com o dispositivo utilizado pelo usuário (computador, tablet, smartphone);
  • Permite cálculos de previdência para os servidores que estão no regime do Funpresp;
  • Busca automaticamente os valores de auxílio alimentação e também permite o cálculo do auxílio creche;
  • Gera apenas colunas referentes às alíneas que possuem verbas;
  • Novas regras de validação;
  • Inclusão de botões de doação através de Paylpal ou Pagseguro para aqueles que puderem e desejarem contribuir com a manutenção da aplicação;
  • Melhorias de desempenho e redução de tempo de resposta.

Lembrem-se de que o mais importante é que todos nós, servidores, JÁ PODERÍAMOS ganhar os valores de julho no próximo contracheque. Portanto, é fundamental que todos espalhem para o maior número de pessoas possível, para que saibam o quanto podem estar ganhando, desde já, sem recorrer a qualquer acordo com o Executivo que seria muito prejudicial.