Disponibilizado código-fonte de DOS e Word

O Computer History Museum (Museu da História da Computação) conseguiu nesta semana um acordo com a Microsoft para a liberação do código fonte do Sistema Operacional MS DOS e também do Word for Windows versão 1.1. Este museu é conhecido por ter como objetivo preservar a história dos softwares, notadamente aqueles usados no início da computação, em que a liberação do código fonte, como no caso, não interfere nos interesses comerciais, entretanto podem atender à finalidade educacional. Por mais que o software possa estar defasado, o simples acesso ao código e ver materializada a teoria que se vê em sala de aula pode ajudar estudantes de TI a desenvolverem soltares melhores.

Softwares MS DOS e Word
Caixinhas do MS DOS e Word for Windows – Fonte: Site da Revista Info

Para o MS DOS, estão disponibilidades as versões 1.1 e 2.0. Originalmente, era conhecido como QDOS (Quick and Dirt Operating System, ou Sistema Operacional Rápido e Sujo), e foi desenvolvido por Tim Patterson, funcionário da Seattle Computer Products. Paul Allen, que fundou a Microsoft juntamente com Bill Gates, conhecia Tim, e graças a um engenhoso acordo financeiro, a Microsoft passou a fornecer o então rebatizado PC-DOS para os computadores IBM, bem como rebatizou para MS DOS a versão para outros computadores pessoais. Dizem que enquanto a Microsoft começou aí seu caminho para a fortuna, a empresa que desenvolveu recebeu apenas 50 mil dólares (eu programo, tu programas, ele programa, nós programamos, vós programais e eles vendem e ficam com o dinheiro). Chama a atenção o fato de que o sistema operacional inteiro na sua primeira versão ocupa menos de 1 Megabyte, menor do que muitas aplicações relativamente simples para celulares.

Já no caso do Word for Windows a versão é a 1.1a, que ficou relativamente famosa por ter conseguido superar o Word Perfect, até então a plataforma dominante em editores de texto (e até hoje disponível).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *