Problema Dígito Verificador – Imposto de Renda 2015

Os programas para declaração de ajuste de Imposto de Renda 2015 (ano-calendário 2014) já estão disponíveis para download no site da Receita Federal do Brasil. Uma novidade desta versão, em especial para quem deseja receber a restituição pela Caixa Econômica Federal é a forma como você deve informar o número da conta para depósito.

Anteriormente, a Receita Federal exigia apenas o número da agência e o número de conta. Agora, o processo de validação exige que você informe a operação juntamente com o número da conta, de forma que seja oferecido o número completo. Ou seja, ao invés de informar apenas os dígitos da conta, excluídos os zeros, agora é preciso informar um conjunto de 11 caracteres na conta, mais o dígito.

Exemplos:

Contas na agência 1234

Conta corrente (operação 001): 12345-6

Poupança (operação 013): 23456-7

No caso, as contas tem 5 dígitos mais o verificador. As contas completas da caixa possuem 8 dígitos, ou seja, respectivamente 00012345-6 e 00023456-7. Juntando a operação, você declararia estas contas assim:

Banco: Caixa Econômica Federal (104)

Agência: 1234

Exemplo 1:

Conta: 00100012345 DV 6

Exemplo 2:

Conta: 01300023456 DV 7

Após informar os números corretamente, não deve aparecer qualquer aviso (triângulo amarelo) ao lado do dígito verificador.

Banco do Brasil

Fiz uns testes nas contas do Banco do Brasil e aquelas contas que possuem o Dígito “X” eventualmente apresentam algum problema, embora possa ser informado e corretamente validado. Neste caso, o ideal é entrar em contato com a Receita Federal ou, por própria conta e risco, informar outros números de dígitos verificadores de zero até 9.

Contas que Possuem 2 (dois) dígitos

Neste caso, o campo DV comporta apenas um dígito. Informe o dígito verificador da esquerda na conta.

Exemplo: conta número 1234-56, informe 12345 e preencha DV com 6.