MPU: Dicas para quem foi nomeado

Aproveitando que alguns colegas foram e/ou serão nomeados, vão algumas dicas importantes para os novos servidores, meio que respondendo a algumas dúvidas dos servidores:

A primeira dica é para consultar a seção deste site. Aqui em cima, em “search in this website”, praticamente qualquer tema relevante, para servidores em início de carreira já foram mencionados. Leia para saber os direitos e deveres dos servidores.

O salário bruto inicial de um técnico é de pelo menos R$ 5.345,03 (incluído o valor do auxílio alimentação, de R$ 710,00, pago em espécie). Este salário equivale a um servidor sem curso de graduação completo, com as seguintes verbas:

  • Vencimento básico: R$ 2.824,17
  • GAMPU (Gratificação de Atividade do Ministério Público da União): R$ 1.750,99
  • VPNI (que eu chamo de “lulabono”): R$ 59,87
  • Auxílio alimentação: R$ 710,00

O valor líquido é de R$ 4.484,01, para aqueles que ainda estiverem vinculados ao regime antigo de previdência (lembrando que o Funpresp-Jud deve atender ao MPU apenas a partir de outubro deste ano), sendo os descontos de R$ 509,85 a título de seguridade e R$ 351,17 de imposto de renda.

Quais são outros benefícios básicos dos servidores?

A simulação do salário, já considerando o novo plano (ainda com algumas limitações, como não contemplar o desconto do plan assiste e o valor de auxílio creche). estão disponíveis neste link.

O adicional de penosidade, por exemplo, é pago em função da localização em que o servidor trabalha. Portanto, leve-o em consideração naquelas “segundas opções” de cidades de estados que possuem o benefício. A maioria dos estados possui pelo menos um município que paga este benefício, e ele é pago automaticamente pelo exercício no cargo. Além de dar uma melhorada no salário, pode ser um atrativo que facilite na hora de negociar uma permuta.

Via de regra, a estrutura do MPF no interior é melhor que do MPT. Já na capitais tende a se equilibrar, sendo melhor uma ou outra unidade.

Novos servidores podem permutar com servidores “antigos”, desde que o servidor antigo tenha pelo menos dois anos da sua última remoção. Uma vez ocorrida a permuta, vale o gancho pelo prazo de dois anos.

Via de regra, o padrão de vestimenta é comum. Camisetas e roupas mais esportes são aceitáveis em PRMs menores. Mas camisa pólo + calça jeans é compatível com qualquer unidade do Brasil.

Muitos servidores aprovados para o concurso de analista já são técnicos no MPU, e assim que houver vacâncias, estes cargos devem ser providos logo.

Um rápido update, lembrei que deixei algumas coisas importantes de fora

O salário do MPU é pago entre o dia 21 a 23. Me perdoe se der alguma informação errada, mas a princípio, quem conseguir entrar em exercício até antes do dia 10, que é quando é feito o fechamento, consegue já receber o primeiro salário ainda nesta folha normal. Os demais, recebem através de “folha suplementar”, que normalmente sai no fim do mês ou no comecinho do mês seguinte. Então, quem entra na primeira quinzena, acredito, mas não tenho certeza, não terá problema em receber o primeiro salário no máximo no comecinho do mês seguinte. 

O plano de saúde do MPU não é maravilhoso, é caro, mas tem cobertura também da Unimed e Gama Saúde. O mais importante, creio, é que ele possui “resseguro”, ou seja, há um teto máximo de despesas que o usuário assume a título de coparticipação, o que é muito importante em caso de imprevistos.

Servidores do MPU conseguem contratos de consignação a baixas taxas de juros, mas evite alguns bancos que são mais problemáticos: Cacique e Alfa, por exemplo, são extremamente complicados na hora de se solicitar o saldo devedor e ainda normalmente fazem cálculos incorretos. Se lembrar ou sugerir um tema interessante nos comentários, volto a fazer atualizações neste tópico.

Jornada de Trabalho

Por padrão, é de sete horas diárias, e o horário é de 12h às 19h. Dependendo da unidade, pode ser necessário que trabalhe pela manhã ou num horário diferente, mas é a exceção. Algo muito importante: servidor estudante tem direito à jornada especial, de forma que sua jornada seja compatível com o horário de estudos. Via de regra, a jornada é aferida por meio eletrônico, e não costuma ser difícil faltar, sob compensação das horas não trabalhadas, para resolver problemas particulares, de qualquer natureza.

Outras dúvidas que julgarem interessantes, coloquem nos comentários.

45 thoughts on “MPU: Dicas para quem foi nomeado”

  1. josebarbosa, por gentileza… esse Plan-Assiste vale a pena? o mpu oferece descontos/participação em outros convênios como Amil, por exemplo?

    grato.

    Alexandre

  2. Caro José Barbosa,

    Obrigado pelas informações! Estou curioso para saber se o primeiro salário demora de 40 a 60 dias como falaram por aí. Sou pensionista do Exercito e terei que renunciar para poder ser nomeado.

    Grato pela atenção!

    José Afonso

  3. Oi! Gostaria de saber se há outras opções de planos que não o Plan assiste, e PRINCIPALMENTE se estes aceitam colocar ascendentes como dependentes ( tenho meus pais de 65 e 62 anos). Também gostaria de saber mais acerca da jornada de trabalho ( Ouço algumas “lendas” por aí. Grato

    1. Pode colocar os pais, mas a mensalidade e a coparticipação deles é mais cara.Eles também devem ser dependentes no imposto de renda.
      Já sobre a jornada, vou editar o post, tema interessante!

  4. José,
    Gostaria de saber a respeito da realidade das FCs e CCs no MPU?
    Por exemplo, os Analistas em Direito que estão entrando tem chance de conseguir após algum tempo de trabalho?
    Imagino que deve depender da realidade de cada Procuradoria, mas se tu poder dar uma luz a respeito, te agradeço.
    obrigado

    1. Não conte com elas. Eu mesmo tenho 8 anos e só tive FC por menos de um ano, enquanto estava numa unidade nova.
      Quem for para uma unidade nestas condições, tudo bem. Mas para quem for para uma onde já estão estabelecidas, entra-se numa “fila” que demora muitos anos até conseguir uma. Um dos grandes problemas, inclusive, é que quando uma FC/CC vaga, é escolhida apenas dentro do seleto grupo de servidores, nada em nível estadual ou mesmo nacional, que seria o ideal.

  5. José Barbosa,
    acima você postou que a Funpresp-Jud deve atender ao MPU apenas a partir de outubro deste ano. Fui nomeada agora e gostaria de saber se terei a opção de escolher em qual regime de previdência ficarei e, na sua opinião, qual é melhor? O regime antigo ou o novo??

    Desde já agradeço a atenção

  6. Pelo que vc falou das permutas, os novos servidores não precisam aguardar a estabilidade para permutar? E quanto é exatamente a remuneração do cargo de analista? Obrigado.

    1. Meu site tem uma simulação de salário, há algumas peculiaridades por qualificação/lotação do servidor que já altera o inicial (para cima) logo de cara: http://josebarbosa.com.br/pcs

      Não, não precisam ser estáveis, entretanto a permuta está restrita, por enquanto, ao mesmo ramo (MPU, MPT, MPM) e ao mesmo Estado.

  7. por meio da associação há uma parceria com a sulamérica? eh uma boa opção? no caso de inclusão de ascendentes eh melhor ou pior q o outro? outra pergunta: em PE não houve contato telefônico nem por email sobre lotação com os candidatos. há alguns mandados de segurança aqui com servidores no interior tentando ir pra capital antes dos 3 anos no órgão, já que sobrou vagas após o concurso de remoção em Recife. será que isso pode atrasar as nomeações aqui, já que pode gerar uma dúvida no órgão em relação pra qual unidade lotar os candidatos? se não souberes nada, mas se puderes se informar, agradecemos eu e todos de PE. obrigado!

    1. Sobre plano de saúde, confesso que sei bem pouco do nosso, que o diga das outras opções.

      Sobre as remoções, não há nenhum motivo para falar em prejuízo das nomeações. O que os candidatos pediram, de maneira bem razoável, é que fossem lotados em vagas que sobraram do concurso de remoção nas capitais. Entretanto, não alteram a quantidade de nomeados, só o destino da nomeação.

      1. Você não aderiu ao plan assiste então? Eu tenho um plano da UNIMED que pago uns 150 por mês + co participações. Você acha melhor continuar com esse ou aderir ao plan assiste?

        Ah, com relação à seguridade.. eh melhor ficar no antigo mesmo neh?

        1. tenho plan assiste, mas felizmente uso pouco 😀

          Já quanto à previdência, não há nem dúvidas, especialmente enquanto a regulamentação sobre como de fato será está muito falha. Quem entrar pelo regime “antigo” terá um bom prazo para fazer a opção, salvo engano, 2 anos.

  8. Olá, José Barbosa! Com relação ao PlanAssiste, você disse que é caro e não é lá essas coisas… Você sabe informar o valor aproximado? Obrigada.

    1. 2% da sua remuneração bruta se for só para você + 1% para cônjuge; e 0,5% para cada filho. Se incluir os pais, + 1,5% por pai. O plano é razoável, bom, principalmente pela questão do teto de custos, entretanto fica devendo em alguns pontos.

  9. Olá, inicialmente, parabéns pelo site.
    É uma ótima ferramenta. Após minha nomeação, pretendo continuar acessando…

    Sugiro que faça uma matéria específica a respeito do plano de saúde (vantagens e desvanaágens, valores etc).

    Abs.

    1. Sim, sem problemas, pode fazer uma pausa para fazer um lanche. Em algumas Procuradorias maiores, inclusive, há lanchonete no prédio da própria PR.

    1. Tem as mais variadas respostas, mas em geral é aprendendo o serviço no setor em que é lotado, mas varia. Em PRMs novas, até porque funcionam provisoriamente em sedes maiores, é normalmente feito um treinamento na PR, para que o servidor possa ver num nível macro o que ele fará no micro. Mas não se preocupe: o trabalho dificilmente terá algo muito difícil e os servidores são sempre dispostos a ajudar.

  10. José
    Vejo muitos servidores reclamando da estagnação da carreira, má valorização dos técnicos adm do MPU, desvio de função, e nenhuma perspectiva de melhora.. Eu moro no RJ, e estou estudando forte com foco no MPU, e segunda opção o TCU. Eu ainda pretendo cursar Direito e acho que são bons orgãos para se trabalhar e depois fazer um curso superior. O que vc acha? Conhece o ambiente de trabalho das estruturas do MPU ou do TCU aqui do RJ?
    Abraço

    1. Não conheço especificamente cada um deles. Hoje, o TCU é incomparavelmente melhor(na verdade, o melhor órgão público segundo a revista Exame), e mesmo o cargo de Técnico é disputado entre pessoas com curso de nível superior, pois sua remuneração é mais atraente que a de diversos cargos que exigem curso superior.
      Tudo depende muito da realidade que você encontrar. Mas o MPU já foi um “quase TCU”, e hoje em dia está muito mais próximo de ser um carreirão. Quem pode, realmente está estudando para outros concursos, e é raro ver alguém satisfeito. Não é fácil ficar seis anos com salário congelado, e quando vem um aumento, ainda não paga nem a inflação “real” que estamos vivendo no dia-a-dia. Entretanto, quase sempre, para quem procura uma outra alternativa, a jornada de 7 horas pode significar muito para facilitar esta caminhada rumo a outro cargo.

  11. Jose Barbosa, no MPU existe o reembolso de despesas com a mensalidade de outro plano de saúde que eu tenha??? No DNIT, onde trabalho, tenho um plano diferente do ofertado pelo Órgão, então eles me reembolsam R$ 370,00 da despesa de R$420,00 que tenho com o plano de saúde que escolhi. No final pago R$50 pelo plano de saúde de 4 pessoas.

    1. Não, no MPU não existe este reembolso. Ou você opta pelo plano do órgão, o Plan-Assiste, ou tem que dar conta integralmente das suas despesas com saúde.

  12. Prezado José Barbosa, a permuta deve ser apenas para o mesmo Estado de lotação? Não é permitida para outro estado da federação? Além disso, deve ser para o mesmo ramo?

    1. Antes de completar três anos, sim. Se forem servidores com mais de três anos no cargo e que não tenham sido removidos nos últimos dois anos, aí pode ser feita de maneira livre, inclusive entre ramos e estados, desde que com a concordância das chefias envolvidas.

  13. Olá José Barbosa

    Estou olhando o último edital do MPU que publicou que para Analistas a remuneração é de cerca de 7500,00. No seu simulador, aparece o Salário Base e a GAMPU/GAJ, então a remuneração citada corresponde a essas duas verbas ?

    A GAMPU/GAJ começa a ser paga assim que entramos no MPU ? Essa gratificação é considerada para aposentaoria ?

    Obrigada desde já !

  14. Aproveitando a oportunidade, gostaria de saber se o MPU ao longo do tempo paga algum tipo de triênio, quinquênio, Em fim, algum tipo de diferenciação salarial do servidor antigo eo novo?. Muito obrigado

  15. Parabéns pelo post! Você sabe me dizer se essas características do MPU se aplicam ao CNMP? Estou entre os primeiros e provavelmente serei nomeado. Vi que o CNMP atualmente usa a tabela de remuneração do MPU. Como alguém comentou ai, eu estou focado no TCU, passei no CNMP por acaso, mas já imagino que seja um adianto legal. Atualmente trabalho em Ministério, na jornada de dez horas diárias, contando com as horas de almoço.

    1. sim, basicamente eram o mesmo quadro até a separação ocorrida no ano passado. O CNMP certamente herdou muito da cultura organizacional do MPU.

  16. Olá, nobre José Barbosa. Primeiramente, parabenizando-lhe por este grande trabalho de esclarecimento das dúvidas de servidores e quase-servidores, rs. Seu trabalho é muito bom, continue com ele sempre!
    Agora, a dúvida: já contando com o aumento de 41% que está pra sair ainda este ano, a carreira de Analista no MPU não ficou melhor do que a de Técnico do TCU? Poderia fazer uma análise?
    Grato pela atenção.
    Abç.

  17. Oi Jose fiz o mpu 2010 pra tec transporte Sergipe, andei olhando aqui vi que Nomearam o primeiro colocado no dia 19/05/2016 . Mas o cargo com outra nomeclatura , gostaria de saber se o concurso ainda esta na validade .

  18. Alguém já foi exonerado do Mpu? Tenho muito medo, pois sou militar estabilizado. Quero fazer o concurso, mas tenho medo de trocar o certo pelo duvidoso. Estou estudando há bastante tempo, mas agora está batendo esse medo. Acabo que é por causa dessa crise. Tenho medo de ser exonera e perder meus 20 anos de estabilidade. Pode me dar um conselho?

  19. Boa noite!
    Alguém já foi exonerado do MPU? Tenho muito medo, pois sou militar estabilizado. Quero fazer o concurso, mas tenho medo de trocar o certo pelo duvidoso. Estou estudando há bastante tempo, mas agora está batendo esse medo. Acho que é por causa dessa crise. Tenho medo de ser exonerado e perder meus 20 anos de estabilidade. POde me dar um conselho?

    1. A regra do MPU é a geral do serviço público: basta fazer bem o serviço e não será exonerado. As avaliações de desempenho não são nenhum bicho de sete cabeças.

    1. O MPU não. Mas as associações e o sindicato de servidores possuem. Dependendo do valor, o desconto por si só já compensaria pagar a filiação.

  20. Bom dia, José Barbosa!

    Como funciona a jornada especial para estudante? A jornada influencia na remuneração (menor)? Quem estuda turno tarde seria possível adaptar ao trabalho MPU?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *