MPU divulga edital de Concurso de Remoção

Foi publicado no Diário Oficial da União de hoje o edital número 1/2014, que abre concurso de remoção para os servidores do Ministério Público da União. Podem participar servidores que tenham entrado em exercício até o dia 05 de fevereiro de 2011 e que não tenham sido removidos nos últimos dois anos, exceto se no interesse da administração.

As inscrições serão realizadas no dia 27 de janeiro. Entretanto, servidores que não forem do MPF – Ministério Público Federal, terão que fazer cadastro nos dias 23 e 24 de janeiro para requerer senha de acesso ao sistema. O resultado final deve sair até o dia 05 de fevereiro.

No total, são oferecidas 125 vagas. Em breve, colocarei a lista abaixo.

57 comentários sobre “MPU divulga edital de Concurso de Remoção”

  1. José, bom dia! Fico feliz em ver o concurso de remoção aberto, pois isso gera expectativa de que logo chamarão o pessoal do 8ºconcurso. No entanto, especificamente por conta da minha área, observo que nunca abrem vagas para remoção relacionada ao cargo de “ANALISTA DO MPU/SAÚDE/SERVIÇO SOCIAL”, sendo que existe algumas vagas sem preencher em alguns ramos, como é o caso do MPDFT, que apresenta o déficit de 7 vagas. Você tem alguma opinião do porquê que isso ocorre?

  2. Prezado Jose Barbasa,
    Por gentileza, tire uma duvida minha.
    No edital não tem nenhuma vaga para analista na Bahia.
    Ocorre que, “os servidores que efetuarem a inscrição para as unidades de lotação ainda não instaladas, em caso de êxito na remoção, oficiarão temporariamente nas unidades existentes conforme quadro”. E no referido quadro tem 3 unidades de lotação na Bahia (PRM-ALAGOINHAS PR-BA/ PRM-IRECÊ PR-BA e PRM-TEIXEIRA DE FREITAS).
    Então, seria razoável deduzir que, se existe necessidade/ disponibilidade para lotação temporária nessas unidades, futuramente, quando os temporários forem para suas unidades de lotação definitivas, poderemos ter vagas efetivas nas 3 unidades de lotação acima citadas? Será que estou “viajando”???
    grata pela atenção

      1. Também não entendi muito bem aquela tabela… é apenas informativa ou há vagas disponíveis para essas localidades ainda não instaladas também?

        1. A tabela refere-se a eventual lotação provisória, em razão de não haver sede física na cidade de origem. Uma PRM, quando em implantação, normalmente passa um tempo na sede (ou cidade do interior próxima), já passa a ter seu quadro e depois eles são removidos quando concluída a construção da sede.

  3. José,

    Passei no 8° concurso para analista pericila – eng. civil, no qual foram disponibilizadas 11 vagas inicialmente para o DF. A pergunta que fica é:
    Quando ocorrerem as primeiras nomeações, o MPU é obrigado a chamar os 11 primeiros colocados ou é de acordo com as vagas do concurso de remoção? pois nesse edital de remoção apareceu apenas 1 vaga para perito eng. civil na PRR 1a região, o que isso quer dizer?
    Aguardo, obrigado.

    1. Não tenho certeza, mas creio que esta seja até uma vaga extra, além das onze inicialmente previstas (isto se não houve uma remoção anterior dentro do próprio DF, a verificar).
      O MPU é “obrigado” a nomear as vagas previstas em edital até o final da validade do concurso, mas em geral, a remoção indica o cargo que já está “pronto” para ser nomeado, inclusive com autorização financeira para ocorrer a nomeação, que é o aspecto mais importante.

  4. Boa tarde, José Barbosa.
    O concurso de remoção, para quem está na fila do 7º concurso para Técnico Administrativo do RJ, será bom? Terá boas oportunidades?
    Beijos e um ótimo 2014 para você.

      1. José Barbosa, obrigada por responder.
        Mas, como assim loteria?
        Não ficou muito claro…
        Não vai haver nenhum benefício para os que estão na fila? Não vão chamar mais ninguém?
        Desculpa a insistência. Eu adoraria ser chamada, mesmo que fosse a última, no último ano de validade. Sonho sempre com isso.
        Que Deus nos abençoe e nos reserve muitas surpresas boas.

        1. Quando digo “loteria” é porque não dá para prever o comportamento a cada concurso.

          Existem estados “exportadores”, como o DF, e “importadores”, como MG e Nordeste, em que é certeza que, respectivamente, vão nomear mais que o número de vagas no edital de remoção, enquanto no outro menos.

          No RJ, o comportamento é mais “neutro”, a tendência normal daí é apenas o povo nomeado do interior voltar para capital. Entretanto, em termos de número de nomeações, é mais ou menos o mesmo que já tem no edital de remoção. Alguns casos um pouco menos, noutros um pouco mais.

  5. Boa tarde, JB!

    Desculpe estar tão perdida, mas não entendo direito esse negócio de remoção: primeiro o pessoal pede e, se sobram vagas, é chamada a lista de CR do concurso (estou aguardando pra analista)?
    Outra coisa, vi lá no cw uma sugestão de o pessoal contribuir com seu site, super apoio!
    Vc poderia fazer tpo aquele http://www.questõesdeconcurso.com.br sabe?

    Desde já agradeço,
    parabéns pelo blog,
    abs

    1. Oi Paula, obrigado pela sugestão. Estou analisando algumas alternativas, esta foi muito boa! 🙂

      Quanto à sua pergunta, é isto mesmo, vão nomear o que “sobra” das vagas. Mas o número de nomeações é o mesmo que está no edital: o que muda pode ser a lotação em que haverá nomeações, em razão da movimentação dos servidores.

  6. Nobre José Barbosa, de antemão gostaria de parabenizá-lo pelas úteis informações que tens disponibilizados a todos. Eu entendo muito pouco acerca da matemática utilizada nas nomeações, mas, em suma: fiquei em 14º lugar para Analista Processual no Tocantins (7º Concurso). Considerando que já foram nomeadas 7 pessoas, você acha que até o prazo de validade do concurso eu tenha real possibilidade de ser nomeado. Aguardo sua resposta. Grato.

  7. José, mudando de pato p/ ganso.

    Pagamento da 1ª parcela do 13º salário será antecipado para janeiro
    21/01/2014 18:40

    A previsão é de que até o dia 31 deste mês 50% da gratificação natalina sejam depositados

    A fim de dar um reforço financeiro aos membros e servidores do Ministério Público da União, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, assinou a Portaria PGR nº 28/2014, que antecipa o pagamento da 1ª parcela do 13º salário. A previsão é de que até o dia 31 de janeiro a primeira parcela da gratificação natalina seja paga.

    A portaria determina, ainda, que os servidores empossados no período de janeiro a junho de 2014 recebam a antecipação no mês de julho. Já aqueles que tomarem posse após esse período receberão a parcela integral no mês de dezembro. Em ambos os casos, será observada a proporcionalidade em relação aos meses trabalhados.

    Para a secretária de Gestão de Pessoas, Sabrina Maiolino, a medida tem como objetivo dar mais liberdade aos servidores para utilizarem o 13º e marcarem suas férias. “Muitos servidores marcam o período de férias para o mês de janeiro justamente para pedir o adiantamento dessa parcela, porque é um período de muitas despesas. Agora, eles poderão marcar férias em outras datas e utilizar o pagamento para as contas do início do ano”, acrescentou.

    Legislação – O Decreto-lei nº 2.310, de 22 de dezembro de 1986, permite que a Administração realize o adiantamento da gratificação natalina entre os meses de janeiro e novembro, de uma só vez, referente à metade da remuneração recebida no mês anterior.

    O documento foi assinado na última segunda-feira, 20 de janeiro, e revoga a Portaria PGR nº 687/1994

    1. tem que ver se tem estas duas vagas mesmo, mas se não foram disponibilizadas é por questão orçamentária, só tinham dinheiro para estas 125 vagas.

  8. Bom dia josé,
    você saberia me responder se as 5 vagas que estão no site de transparência do MPF para cargo técnico administrativo/adm-MG (referente ao mês jan 2014) existem e não foram disponibilizadas neste concurso de remoção por falta de orçamento?
    Pois foram disponibilizadas 3 vagas no concurso de remoção,no entanto elas divergem das que estão no portal de transparência do MPF.Isso gera enorme confusão, pois se as vagas que estão no quadro não foram disponibilizadas e as disponibilizadas não estão no quadro, ou o quadro está incompleto, ou então não há transparência nisso. Obrigada.

    1. hummm… tem que ver… provavelmente, estas vagas são de alguém que já veio para cá por meio de remoção, mas ainda não foi removido de fato porque está espernado por alguém para repor seu lugar…

  9. Boa tarde, José!

    Vi uma notícia hoje acerca da criação da comissão para o 9º Concurso, através da portaria nº 32, publicada no dia 22. A mesma versa sobre um novo certame para técnicos e analistas. Tem alguma informação sobre os cargos contemplados por esse novo concurso?

    Obrigado!

    1. A princípio, que eu me lembre seria só os de técnico de tranpsorte, mas não sei se alguma outra especialidade ficou “esquecida” no 8o concurso…

  10. Boa tarde, José! Tudo bem? Por favor, vc ouviu alguma coisa a respeito da possibilidade de a relotação voltar após o CR? Estamos ansiosos há meses e nada… Existe alguma chance ou são apenas conversas? Obrigada.

    1. Como já disse, sem chances. Se algum dia houve o tal boato de relotação, acredito que foi só para minar eventuais ações que prejudicariam as nomeações no final do ano passado.

    1. varia muito, normalmente não costuma perder vagas. O “fenômeno” mais típico de São Paulo é haver fuga da capital para o interior, em razão da excepcional estrutura de algumas cidades x custo de vida elevadíssimo de SP City.

  11. No edital, nao consta vagas para o cargo de Analista- Finanças e Controle. O que isso exatamente quer dizer?
    No portal de transparência do MPF, consta que há 9 cargos vagos para tal área, acredita que essas vagas serão preenchidas ainda este ano?

  12. Olá José barbosa, gostaria de sua ajuda para esclarecer uma dúvida, o MPU poderá se beneficiar com a receita que será levantada atráves da copa do mundo este ano? poderemos ter uma LOA 2015 com um número muito maior de vagas autorizadas ano quivem?

    1. Explique-me que receita você espera da Copa, que seria um milagre econômico. Copa, em geral, não afeta a economia do país, mas apenas a alegria do seu povo quando da sua realização. Para maior número de vagas e LOA mais generosa, precisamos é de crescimento de fato, não de Copa, até porque a FIFA vai lucrar 5 bilhões de dólares sem pagar um centavo de imposto.

  13. Caro José, eu sei que minha pergunta não é nenhuma daquelas teratológicas, e também compreendo o seu exíguo tempo em responder a todas as dúvidas. Estou recorrendo a você porque tenho notado a sua disponibilidade, presteza e seriedade na condução de seu blog, o que é notório e plausível. Pois bem, como você é de casa, ademais, em virtude das suas experiências,gostaria de saber, na sua opinião, se há uma real possibilidade de eu vir a ser nomeado – até o prazo de validade do concurso – para o Cargo de Analista Processual, no Tocantins (7º Concurso), considerando que fiquei em 14º posição e que até o presente momento o MPU já nomeou 7 pessoas para tal Estado. Grato.

      1. Opa Gabriel, é bom saber disso, assim a esperança não morre (rsrs…). Espero que logo logo sejamos colegas de trabalho. Enquanto isso continuaremos no labor e nos sonhos diários do estudante das ciências jurídicas. Grato.

    1. Prezado, como já disse, a política do blog é a de aprovar, mas de não fazer qualquer previsão, exceto aquelas imediatas e garantidas, como uma análise do saldo das remoções após o resultado definitivo.

  14. Caro José,

    Fui aprovado no 8° concurso do mpu para o cargo de perito em economia. Observei que não existiram vagas para remoção para o referido cargo. Será que este fato é indicativo q as primeiras nomeações não contemplaram o meu cargo?? Salientando que existem 4 vagas para perito economia ociosas conforme o quadro de vagas do MPU

    1. Não haverá vagas novas, mas tem que ver se nos concursos de remoção de 2013 não houve oferta para o cargo, já que os cargos de nível superior não foram contemplados em 2013 por falta de prazo após o resultado final do CESPE, mas já tinham algumas vagas garantidas.

  15. oI Zé , uma dúvida , o tal do adicional de treinamento , seria para qualquer curso que tenha aquela carga horária ( no caso seria automático – apresentou o certificado e já consegue o beneficio) ou tem que obedecer um rol de afinidades com a função sei la?

    1. Tem que ser correlacionado às suas atividades ou atribuições do cargo. Existe uma instrução normativa na intranet da PGR que lista quais seriam estas atribuições.

  16. Olá José Barbosa, houve a criação neste ano de 198 Procuradorias da República, gostaria de saber se podemos esperar mais nomeações em 2015 pelo fato de haver maior demanda de servidores com a instalação dessas novas PRM’s ?
    Desde já, muito obrigado pela colaboração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *