MPU: Contracheque está disponível, mas sem retroativo e faltando dinheiro!

Os servidores do MPF já podem consultar os seus contracheques do mês de novembro, disponibilizados através do seguinte endereço eletrônico:

https://aplicativos.pgr.mpf.gov.br/horusnet_public/?app=login

Entretanto, para surpresa e decepção, vieram valores muito abaixo dos corretos. Para começar, o já previsto não pagamento dos valores do reenquadramento. Mas este ano não foi só isto: além disto, o tradicional pagamento dos retroativos referentes à progressão também não foram quitados. No meu caso, por exemplo, recebi apenas a progressão deste mês de novembro, mas os meses de setembro e outubro, tradicionalmente pagos também em novembro, após a realização do processo de avaliação de desempenho dos servidores do 2º semestre, foi “esquecido”. Também não recebi valores de treinamentos homologados retroativos a junho, que só foram homologados agora.

É um detalhe, mas soa como indício de que em função do problema do reenquadramento NENHUM tipo de débito está sendo pago na data correta, ou pelo menos que podemos chamar de “típica”, até verem o que vai sobrar de orçamento do órgão para os servidores. Embora não seja um valor que vá me fazer passar fome, é uma importante diferença no final do mês, e sabemos que outros passivos, muito menos urgentes já foram criados.

No meu caso particular, em razão de remoção, não duvido nada que em breve vem uma cartinha de desconto, aí vem a cobrança para ser quitada naqueles prazos mínimos. Quero só ver. Espero que os devidos retroativos venham em dezembro, e que toda esta história do reenquadramento não seja só uma enrolação, para que não haja mobilização antes de que o fim do ano chegue.

20 comentários em “MPU: Contracheque está disponível, mas sem retroativo e faltando dinheiro!”

    1. Comentário agora no e-mail institucional: “Liguei agora na PGR e informaram que a diferença de progressão funcional vai entrar na folha complementar deste mês. O reenquadramento vai ser calculado na folha de dezembro. Mas ainda vai ficar pendente o retroativo do reenquadramento.”

      O retroativo não estava previsto para dezembro???? kkkkkkkkk.. Piada.

      1. Eu só queria saber pq o sindicado não se pronuncia..

        Não fala nada sobre as perguntas anteriores.. e não fala nada sobre o que está sendo publicado. Filiação em massa??????????

        1. 1 Sindicato se pronunciou por meio de ENQUETE:
          E agora José, como diria o poeta.

          Quem vai pagar primeiro o reenquadramento com mais dois padrões?

          MPU

          Judiciário
          Enviar

          Resultados

  1. Jeferson, vc é sindicalizado? O sindicato fez a parte dele em fazer pressão para que o nosso direito ao reenquadramento fosse conseguido no cnmp. O sindicato jah falhou em muitas coisas, e vai continuar falhando em outras, mas nesse caso não tem o que ele possa fazer.

    1. Pelo que eu saiba… o que originou tudo isso foi uma ação dos servidores do próprio CNMP.
      Depois, os PCA’s propostos pela ASMPF e outras associações apenas pediram equiparação.

      Pressão??? SNQ. Era um resultado esperado, tendo em vista que os colegas do CNMP haviam sido reenquadrados.

      1. Pois é… houve um árduo trabalho dos servidores do próprio CNMP que, depois resultou no abaixo-assinado e por fim veio o reenquadramento. Obviamente, para o filho bonito aparecem um monte de pais, mas agora na hora de pelo menos nos dar informações as associações e sindicatos não fazem sua parte.

        1. Agora caro colega José, realmente na administração pública as coisas tem muitos pais, é caso raro surgir um questionamento de somente uma fonte. O do reenquadramento mesmo surgiu de várias pessoas quando viram o copy & paste do pcs do judiciário, se não me engano você esteve entre os primeiros também a questionar isso nos fóruns.

          1. Por isso que é bom trocar idéias com os colegas, eu mesmo admiro muito o colega José Barbosa que mostrou a cara e conseguiu movimentar a galera que antes era ainda mais desunida. Eu faço parte do fórum pcsja e o que vc acabou de postar lá:

            ” Mas, hoje, sem dúvidas, creio que a postura “rabinho entre as pernas” é a pior coisa que um servidor pode fazer perante uma autoridade. O servidor tem que ser pró-ativo e efetivo em suas atividades, mas tudo tem limite. Na verdade, se você deixar, literalmente montam em cima, você faz o serviço de trẽs ganhando salário de meio, e quando passar a fazer apenas o de dois ainda será conhecido como o “relaxado”. ”

            é a mais pura verdade. Tá na hora de mudar essa postura também no sindicato.

      2. Caro colega, se vc não for sindicalizado é só acompanhar as discussões na rede interna, vai ver que os questionamentos começaram antes da questão ir ao cnmp. É que como sempre o sindicato se mostra atrasado em conseguir resultados. Mas pra encerrar e isso não virar um debate sem fim: o que estou dizendo é que o sindicato é uma … mas ele não é o responsável por tudo de ruim que nos acontece

    2. desculpe-me, mas uma greve de uma semana marcada para o dia 11 a 18 de dezembro, véspera de recesso, se até lá não forem dadas informações claras sobre o reenquadramento seria apenas um dos bons exemplos do que ele pode fazer, se interessar de fato pela causa.

      1. José, sequer o Ofício enviado pelo PGR ao CNMP conseguimos,
        a ASMPF tem esse arquivo, ja solicitei…
        vc parece-me que havia feito solicitação semelhante ao SINASEMPU.
        E a resposta?

  2. Mário..

    Já fui sindicalizado há 10 anos, quando entrei no MPF, e saí há algum tempo por ver que meu dinheiro, que já é suado, não estava sendo bem aplicado. Pensei muito em voltar a me filiar agora.. mas já desisti.

    Mesmo que o reenquadramento fosse obra única do sindicato, o que todos sabemos que não é, ele teria a OBRIGAÇÃO de manter seus sindicalizados, no mínimo, bem informados acerca do assunto… Em minha singela opinião, isso não vem sendo feito(mesmo um simples e-mail não é respondido).

    Para quem vem fazendo uma campanha de filiação em massa, o SINASEMPU está fazendo uma ótima propaganda negativa(e essa não é “apenas” a MINHA opinião.. Não trabalho sozinho no Setor). Agora.. me provem o contrário. Se tem informações, pq não publicam?? Se não tem, pq não correm atrás?? Os próprios servidores tem que fazer o serviço de quem os deveria representar???

    E aí?? Vc é sindicalizado?? Pq se eu tivesse mantido minha filiação, estaria muito mais chateado agora.

    Abs.
    PS.: além de não ser sindicalizado, não faço parte de qualquer tipo de Associação ou outro sindicato que não seja o SINASEMPU.

  3. Sou sindicalizado desde que entrei, em dezembro de 2004. Não vamos discutir que o sindicato é… bem, vcs todos sabem. E sim, o sindicato não foi o único responsável pelo reenquadramento, palmas aos colegas do cnmp, mas não podemos deixar de dizer que fez pressão sim. Desde janeiro de 2013 ele vem questionando essa forma de interpretação que deixou a carreira desse jeito.

    Agora isso o que vc está pedindo, não faz sentido. O sindicato não é um setor da SGP. É só o pessoal ter um pouco de calma. Difícil foi ser reenquadrado. Agora inês é morta. Já teve até a portaria abrindo o crédito para isso.

    Ah se todo o problema do sindicato fosse esse, deixar de dar informações sobre quando serão pagos o que nos é devido …

    O sindicato é o que fazemos dele. Vamos eleger representantes que briguem pelas 6 horas, pelo fim ou pela regulamentação do sobreaviso, principalmente para quem não recebe funções, pela antecipação das parcelas do reajuste, por um novo plano de cargos e salários, pelo fim do assédio moral. É por essas coisas que eu estou chateado com o sindicato, mas parece que ele está um pouco melhor do que quando entrei, quando ainda era dominado pelos incorporados (nada contra essa classe de colegas). É como na política, não adianta só falar, tem que participar.

    Agora cobrar do sindicato sem ser sindicalizado colega…

    1. Olha para alguns (ou muitos) ruim com Sindicato,
      digo, PIOR sem eles.
      E como reclamar dos políticos, candidata-se, faça melhor,
      criticas vazias é fácil fazer.

      1. Desde que entrei no MPF que escuto essa ladainha de “vamos eleger nossos representantes e mudar tudo”… Pelo amor de Deus.. Não tem mais nenhum menino aqui!! Todos sabemos que isso está dominado por um ou outro grupo! Agora me dizer que iremos mudar tudo de uma hora para outra?? Paciência…

        Tenho o direito de reclamar mesmo não sendo sindicalizado.. Aliás, não sou sindicalizado pq as reclamações DOS SINDICALIZADOS não surtem efeito.. Eu sou só uma gota no meio de todos os servidores.. ou acham que trabalho sozinho no meu Setor? Mais uma vez, pelo amor de Deus… Vejam aí a pulverização dentro da própria casa.

        Agora.. me diga pq não faz sentido o eu reclamar que o colega, que É SINDICALIZADO, solicitou informações acerca do pagamento através de e-mail e não recebeu nem confirmação do recebimento do mesmo??? Meu amigo.. não é o fato do sindicato fazer parte do SGP.. É simplesmente algum dito “representante” se dar ao trabalho de pegar o telefone, se identificar como do sindicato junto ao Setor responsável e solicitar informações. Como “representante” ele tem até o direito, além do dever, de fazer isso!!!! Acredito que você saiba, pelo seu tempo de sindicalizado, que é esse o papel dos representantes.. COBRAR!!! Nada de esperar o resultado quietinho… Algum sindicato já conseguiu alguma coisa passivamente??

        Agora.. eu não posso cobrar por não ser filiado??? Isso não é argumento.. Aliás, contra fatos(falta de atitude), não existem argumentos plausíveis. Eu digo isso a respeito, por exemplo, de uma mera resposta de e-mail. Críticas vazias?? Creio que não… Vazias se não houvesse uma causa. Quando há uma causa, no mínimo, deixa de ser vazia e torna-se crítica abalizada.

        Me responda uma coisa.. Vc compraria um carro que não visse andar? Sem fazer um “test drive”? Como vou fazer parte de um sindicato que só me representa teoricamente?? A partir do momento que mostrarem trabalho(e não assumir paternidades), sou o primeiro a fazer parte… Enquanto o carro não anda, não compro… E, digo mais.. Essa opinião não é só minha como de grande parte dos colegas. EU QUERO TER UM SINDICATO FORTE… Mas aja!!!

        Esse papo de defesa de sindicato é chato demais.. Critico sim e vou sempre criticar. Não vou ficar calado quando achar que algum órgão, instituição ou qualquer coisa que seja esteja errado ou inerte. Vou sempre criticar e mostrar os defeitos… procurando melhorias. Também vou exaltar os acertos, que nesse caso não vi.

        Sds

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *